Proposta 462/07 – FALTA DE SEGURANÇA PEDONAL NO ALTO DO LUMIAR

Apresentada: 8 de Novembro de 2007
Agendada: 10ª Reunião, 14 de Novembro de 2007, adiada
Debatida e votada: 11ª Reunião, 21 de Novembro de 2007
Resultado da votação: Aprovada por unanimidade, sem votos dos vereadores do PSD que abandonaram a sala por considerar que esta proposta não tinha dignidade para ser apresentada.
Proposta
Considerando que o perfil longitudinal das Avenidas Nuno Kruz Abecassis e Helena Vaz da Silva se apresenta em linha recta e o seu perfil transversal, com duas faixas em cada sentido e separador central, não causam entraves a quem quiser assumir uma condução a velocidades bem acima do permitido pela lei e, dir-se-ia, pelo bom-senso (especialmente à noite, são referidas situações recorrentes de corridas ilegais, comunmente apelidadas de “street racing”);

Considerando que tal tipo de actividade rodoviária, para além de perigosa para os próprios e para os restantes condutores que, alheios a tal facto, circulam nos mesmos troços, o é igual e mais gravosamente para os peões,

Considerando que no Plano de Urbanização da Alta de Lisboa (PUAL), que definiu e projectou toda a rede rodoviária e pedonal da área, se afirma a subordinação destas vias ao “Eixo Pedonal” que as atravessa, definindo claramente a sobrevalência da circulação pedonal sobre a circulação automóvel;

Proponho
1.A introdução de redutores de velocidade sob a forma de sobre elevações da via na zona das passadeiras, devidamente sinalizados tanto vertical como horizontalmente, com a introdução, na camada de desgaste, de material antiderrapante e complementados com rampas de concordância em relação ao seu perfil longitudinal de modo a evitar a deterioração dos automóveis aquando da sua passagem;