Tapada das Necessidades: um plano e salvaguarda

tapada das necessidades

Aprovámos hoje — 17 abril 2024 — o plano de salvaguarda da Tapada das Necessidades, garantindo que os processos relativos à implementação e gestão do processo fiquem sob alçada municipal. É um passo importante, que muitos pediam há muito tempo, mas é preciso continuá-lo no sentido certo.

Para os Cidadãos Por Lisboa é fundamental, como temos defendido publicamente, garantir que o acesso à Tapada continua a ser livre e de entrada gratuita para a população da cidade, tal como tem acontecido até agora.